Home Office Baratinho. É possível?

Com esta vida corrida, cada vez mais é importante ter um home office em casa, mas será que dá para montar um cantinho bacana e gastando pouco?
Esta tem sido uma demanda cada vez maior de nossos clientes – um pequeno escritório para trabalhar, estudar ou apenas usar o computador para pequenas atividades diárias.
Para montar este espaço e deixa-lo funcional e bem dimensionado, é preciso entender qual o volume de elementos que ele deverá comportar. A quantidade de livros, de papeis, de arquivos, além do tipo e tamanho do computador e o mais importante – a dimensão da área destinada para ele.
Para ambientes pequenos, é bacana pensar em aproveitar o espaço aéreo com armários ou prateleiras que poderão comportar de tudo, até uma impressora em uma prateleira mais larga e profunda, se for necessário.
E como é possível fazer isso tudo gastando pouco. Para economizar a palavra de ordem é reaproveitar! Reaproveitar caixas de feira e cavaletes por exemplo.
Este material pode ficar um charme com um pequeno tratamento de lixamento e pintura. Para o tampo, vale garimpar tampos de mesas antigas ou lojas que cortam vidros – há sempre vidros cortados que não puderam ser aproveitados e por isso estão a venda por um precinho bem mais em conta.
E para finalizar, revista caixinhas para servirem de porta lápis com tecido ou papel de presente, coloque quadrinhos revestidos com tecido para fixação de recados e arremate com uma cadeira bacana.

 

HomeOfficeDecorIn3

 

HomeOfficeDecorIn6

 

HomeOfficeDecorIn7

 

HomeOfficeDecorIn8

 

GATOS PARA O ALTO

 

Qual o ambiente ideal para seu gato? Você sabe?

Esta pergunta é bastante complicada de ser respondida, pois, se há uma enorme diferença entre indivíduos da mesma ninhada, como é possível generalizar em relação à uma espécie animal?

Mas alguns comportamentos são característica de seus “antecedentes” selvagens, e apesar de o gato já ter sido domesticado há muitos anos, a grande maioria carrega instintos que, se estimulados, podem voltar a aparecer.

Os felinos que ainda vivem nas ruas e precisam buscar comida, possuem estes instintos naturais bastante aguçados e  são ótimas fontes de inspiração para criarmos ambientes divertidos para os gatos que vivem dentro de casa.

Os bichanos são animais bastante rápidos e alertas. Ao perceberem qualquer movimentação suspeita, correm para se esconder. No caso daqueles que vivem nas ruas, a cena mais comum, é vê-los fugindo para subir no primeiro muro que aparecer em sua frente.

Já na natureza, os gatos selvagens, ou gatos do mato sobem em árvores. A árvore é o local onde eles se sentem seguros e é também onde muitas vezes ficam a espreita de uma caça. Andam devagar, passam por buracos de árvore apertados e encontram um outro lugar onde possam, talvez, encontrar algum alimento.

Então, se seu gato já subiu onde não deve, como na pia da cozinha ou na geladeira, ele não está sendo malcriado, ele está apenas agindo como gato e buscando um local alto para se proteger ou para explorar. Impedi-lo de subir na sua geladeira pode ser uma tarefa impossível se você não fornecer um ambiente de exploração aérea diferente.

Pensando nisso, nós desenvolvemos alguns produtos que estimulam o instinto de caça e proteção e ainda pensamos na sua casa. Criamos peças exclusivas que parecem móveis bacanas, adequados à decoração da casa, mas que são também verdadeiros playgrounds para os bichanos.

Afinal, como seus irmãos e antecedentes selvagens, o ambiente aéreo é muito mais importante e divertido para os gatos do que o chão!

 

Encontre aqui módulos para seu gato

Cozinha Divertida

Que a cozinha é o local de preparo dos alimentos, nós já sabemos, mas com a vida corrida, casas e apartamentos menores, a cozinha passou a ter outras funções .

Na correria do dia-dia, poucas são as horas de convivência da família. Mas há um lugar em que todos na casa passam. Obrigatoriamente. Seja para um rápido café da manhã e jantar ou para, pelo menos, um copo de água. E se este é o ponto de encontro, que tal deixa-lo mais funcional e divertido?

As lousas na cozinha estão em alta. E são ótimas! Dá para deixar lista de compra e de serviço para a faxineira, recado para a filha, ou até um poeminha romântico para o maridão. E elas podem ser executadas de várias formas: apenas um quadro- lousa pendurado, uma parede inteira ou uma porta pintado com tinta própria ou ainda um painel de vidro na parede.

Além das lousas, outros elementos estão super em alta para tornar o ponto de passagem de todos mais cool e divertido, como os quadros retrô com temas de comidas e bebidas e revestimentos coloridos.

O tempo já é curto de manhã, mas tomar um cafezinho rapidinho em um ambiente mais alegre pode influenciar o resto do seu dia!

Experimente dar um up na sua cozinha e deixa-la assumir as novas funções de Paredinha de Recados e Influenciadora de Humor.

Abuse do Papel de Parede!

Com vários tipos e modelos diferentes no mercado, o papel é um item decorativo super

aprovado por decoradores e clientes.

Mais simples, mais colorido, mais romântico, mais sério, impresso a partir de uma foto, em

papel, em papel vinilizado… As opções são diversas.

Para fazer uma boa escolha, primeiro defina aonde ele será aplicado. Para ambientes que

podem ter um pouco de umidade, ou que tenha que ser limpo com mais frequência, sugerimos

um papel vinílico. Este papel tem uma textura emborrachada e pode até ser limpo com um

pano húmido. Já se a parede onde o papel for ser aplicado estiver completamente longe da

humidade e da sujeira, você pode optar um modelo em papel mesmo.

O sucesso deste elemento é garantido. Como decoradoras, nós nos divertimos sempre que

encontramos um cliente mais resistente em aplicar o papel. Depois da primeira parede,

geralmente, o pedido é que coloquemos papel na casa toda!

O efeito do papel de parede aplicado é realmente muito bacana. Escolha o seu, contate um

instalador e transforme o seu ambiente!!

Papel de parede

Consumo Consciente – Também na hora de decorar e reformar!!

Infelizmente, agora é extremamente importante falar sobre o consumo consciente, afinal, estamos sentindo nas torneiras de casa e nas contas de luz, que nossos bens naturais podem ter fim, se não cuidarmos bem. E digo infelizmente, pois poderíamos já estar tomando atitudes para o bom uso destes bens há muito tempo e assim evitar a crise que estamos vivenciando.

Mas como podemos usar este conceito de consumo consciente na hora de reformar e decorar?
No caso da economia de água, há vários modelos de torneiras, de válvulas para descargas de vasos sanitários e de chuveiros que possuem sistema de economia de água. Há também algumas possibilidades bacanas armazenamento de água de chuva e de máquinas de lavar roupa onde é possível diminuir o consumo de água da residência ou do comércio.

Já para a economia de luz, é possível pensar tanto na substituição de lâmpadas por modelos mais eficientes, ou seja, que tenham menor consumo de energia elétrica e maior fornecimento de luz, como na possibilidade de dimerização das lâmpadas, onde conseguimos controlar a quantidade de luz gerada de acordo com a necessidade e com isso diminuir o consumo todas as vezes que a luz não estiver totalmente acesa.

Agora, falando apenas de decoração, sem reforma, é possível repaginar mais ao invés de substituir. E sempre pensar no reaproveitamento. Caso não queira mais o móvel, é possível doar para instituições que reformam e os revendem. Desta forma, você  ajuda o ambiente não jogando mais um entulho no lixo e de quebra ainda ajuda a instituição.

Conservação é também um consumo consciente, afinal, este produto irá demorar a ser descartado. Manter o sofá limpo é uma forma de manter a peça por mais tempo, para isso é possível impermeabilizar o tecido e de tempos em tempos contratar uma limpeza profissional. O mesmo deve ser feito em relação aos tapetes.

Os móveis de madeira devem ser mantidos limpos, encerados se for a recomendação do fabricante e se necessário, repintado.

Além disso, a substituição de lâmpadas é uma ação fácil de ser colocada em prática. Para não pesar no orçamento, é possível fazer esta mudança por etapas, um cômodo de cada vez.

A troca de pequenos itens de decoração também podem adiar a reforma por mais algum tempo. Experimente trocar o tecido do sofá, as almofadas e os enfeites da sala. O ambiente parecerá outro!

Por fim, acreditamos que a propaganda positiva gera bons frutos. Sendo assim, contar sobre as boas experiências com relação às novas atitudes tomadas para a economia de nossas riquezas naturais e manutenção ou reforma de mobiliários é sem dúvida uma forma de incentivar os outros.

Consumo Consciente2

COMPRA ONLINE -Quando comprar, o que comprar, em quem confiar???

Fazer compras pela internet parece ser ainda um tabu para algumas pessoas, mas há formas de minimizar o risco tanto de fraudes quanto de decepção ao receber o produto.

Sabemos que muitas pessoas ainda ficam bastante inseguras em fazer compras em lojas online, mas existem algumas formas de aumentar a credibilidade da loja. Por exemplo, existem alguns sites, como o RECLAME AQUI,  onde você pode pesquisar a idoneidade da loja, vendo os problemas relatados, através das postagens de reclamações de clientes, e analisar como eles resolvem as questões.

Além disso, é sempre bom ler as políticas da loja, principalmente a de devolução, onde deixa claro (ou pelo menos deveria deixar) como funciona a troca ou devolução dos itens, caso-a-caso.

Algumas lojas online disponibilizam telefones de atendimento ao consumidor, na dúvida, você pode entrar em contato com eles. Essa não é uma garantia, mas é mais uma forma diminuir a chance de ser pego numa fraude.
Outra dica bacana, é verificar se a loja está presente nas redes sociais, quantos curtidores tem, se tem postagens recentes e comentários de clientes.
Com relação à escolha de produtos, leia com atenção a descrição, imagine o produto, o tamanho, a cor, o material. É muito aconselhável usar o zoom das imagens para ver os detalhes.  Uma loja idônea tem a descrição e imagens de seus produtos bem detalhadas para que seus clientes não tenham dúvidas a respeito da qualidade e do tipo de produto que estão comprando e não deixam de atender aos seus clientes através dos canais de contato disponibilizados.

Antes de finalizar a compra, releia a descrição da peça, verifique o  prazo de entrega (alguns produtos estão disponíveis a pronta entrega já outros são encomendados e tem um prazo maior) e as formas de pagamento e parcelamento.

Vale a pena sim fazer compra pela internet! É rápido, não tem fila, você encontra produtos diferentes e preços bons. Com um pouco de cuidado e atenção você fará ótimas compras!

CORTINAS – DETALHES QUE VESTEM AS JANELAS

As cortinas são elementos decorativos que possuem função tanto de proteção solar quanto de verdadeira roupagem de janelas e portas de varanda.

Há vários modelos de cortinas e diferentes tipos de fixação.

Com relação à fixação, elas podem ser embutidas em sancas de gesso, instaladas atrás de bandos, fixadas por varões ou por trilhos.

As cortinas em tecido podem ter ou não pregas e estas ainda podem ser de vários tipos: fêmea (quando o volume do tecido fica na parte de trás), macho (quando o volume do tecido fica na parte da frente) ou francesa (composta por grupos de três pequenas pregas).

Falar em cor ou tecido da moda para cortina é muito difícil, pois isto depende da necessidade e estilo de cada ambiente além de, claro, e principalmente, do gosto do morador. Mas costumamos sugerir para cortinas grandes, as cores neutras, pois “cansam” menos e combinam com qualquer decoração ou mudança desta. Preferimos ousar, em relação às cores, em peças menores e mais fáceis de serem trocadas.

Para salas de estar que não sofrem incidência direta do sol, sugerimos o uso tecido tipo voal que combina bem tanto com ambientes rústicos quanto com sofisticados.

Gostamos deste tipo de tecido, pois ele filtra a luz, mas ainda permite a passagem dela dando uma sensação agradável de sombra de árvore.

Já para aquelas salas judiadas pelo sol, ou para salas de TV, aconselhamos o uso de tecidos mais encorpados ou de materiais com a capacidade de bloquear os raios solares – “blackouts”. Nestes casos, outra ótima opção, é a combinação de dois tecidos ou ainda de uma persiana sobreposta por uma cortina em tecido, pois protege o ambiente da forte incidência solar e ainda “veste” a janela.

Para os dormitórios, a regra é seguir o estilo da decoração e pode-se usar de sedas à chitas desde que bem harmonizadas com o ambiente.

Com relação aos comprimentos, as cortinas podem ser longas – até o chão, ou curtas – um pouco abaixo da janela.  Para janelas que terminem a menos de 90cm do chão é preferimos sugerir o uso de cortinas longas. Para as janelas menores pode-se usar cortinas ou persianas mais curtas, mas cuidado para não misturar diferentes alturas de cortinas num mesmo ambiente.

Se seu ambiente ainda não tem uma cortina, experimente vestir a sua janela para perceber a mudança que este detalhe fará na sua decoração!

Decoração de Quarto de Menina

Quando um cliente nos pede para projetar a decoração de quarto de menina procuramos entender ao máximo o estilo da criança, a rotina da casa e a idade da pequena moradora para podermos criar um ambiente agradável, funcional e sob medida.

O quarto do bebê é montado com o gosto e estilo dos pais, mas a medida que a criança cresce, ela passa a ter suas próprias vontades e personalidade e, em se tratando de meninas, percebemos que elas possuem seus próprios estilos desde já bem pequenas. Então, o melhor a fazer, é tentar decifrar os desejos da pequena antes de pensar na decoração do quarto da menina.

Entendido um pouco sobre temas e cores, o próximo passo é pensar na funcionalidade, para isso algumas perguntas devem ser respondidas, como por exemplo:

O que ela faz no quarto? Estuda, brinca, joga, colore, toca algum instrumento? Recebe amigas para estudar, brincar, jogar, tocar, cantar ou para dormir?  Quantas horas ela passa no ambiente?

A decoração de quarto de menina poderá agora começar a ser construída, pois com base nas respostas você pode começar a montar os elementos que precisam ter, e aqueles que seria muito bom que tivesse. Serão eles a cama, um guarda roupas e, de acordo com a rotina da criança, tavez uma cama extra ou uma bicama, uma escrivaninha, uma mesa pequena, uma televisão, um computador, cadeiras extras para amigas.

O projeto agora começa a aparecer e é justamente nesta hora que, precisamos de criatividade para poder comportar o maior número de itens desejáveis na decoração de quarto de menina e somar o estilo e as cores da futura moradora.

Neste exemplo, nossa cliente é uma pré-adolescente. Misturamos o rosa de menina à estampa de oncinha. Colocamos uma sapateira espelhada fizemos uma cabeceira que abraça o quarto e se une à escrivaninha. O papel de parede tem cores neutras, mas com um pouco de brilho para dar um pouco de luz e sofisticação ao quarto de menina. A cortina embutida veste a janela e arremata o ambiente..

3