5 dicas para escolher um pendente para sua casa

Eles são acessórios funcionais que fazem total diferença na decoração da casa. Na sala, no quarto ou na cozinha, os pendentes deixam o ambiente completo e ajudam a dar um toque de elegância

ou descontração no contexto da casa.

Existem alguns critérios para a escolha do modelo ideal. Você sabe como escolher pendentes para a casa? Nesse blog vamos ajudar com 5 dicas para você mandar bem na hora de comprar o seu!

1 – Função

Esse é o primeiro ponto a ser levado em questão, pois dependendo da função que o pendente vai assumir é preciso levar algumas coisas em consideração.

Pendente de Canto

Iluminação com função apenas decorativa – Clique na imagem para ver pendente decorativo

Por exemplo, se ele vai ser usado na mesa de jantar e é o único ponto de iluminação existente nesse ambiente, você precisa de um modelo de pendente que proporcione uma quantidade de luz suficiente para iluminar bem, não só a mesa como todo o resto.

Já no mesmo caso, porém existem outros pontos de luz como spots, abajures ou luminárias de piso, então ele pode ser mais decorativo do que funcional ou ter um foco mais fechado na mesa de jantar. Também podemos falar de bancadas, tipo cozinha americana, nesse caso, os pendentes de foco fechado atendem melhor, pois não atrapalham a visão de um ambiente para o outro, quem está na sala consegue conversar com quem está na cozinha sem ter a visão ofuscada e vice-versa.

2 – Tamanho

Pendente grande

Pendentes grandes com resultado Harmonioso! (veja outros modelos)

Regras para isso não existem, bom senso é o que vai definir a escolha desse pendente. No caso da sala de jantar, depois de levar em conta o ponto anterior, você pode abusar do tamanho do pendente, principalmente se ele for feito de materiais leves, como vidro ou cristal! Caixas fechadas e pendentes mais pesados como madeira, já merecem mais atenção e cuidado no tamanho para não “fechar demais” o ambiente. Em diversas mostras de decoração vemos esse tipo de pendente tomando conta do ambiente, mas devemos nos lembrar que nas mostras a realidade é outra e ninguém vive naquele cenário! No dia a dia esse tipo de pendente atrapalha a rotina e a interação dos usuários, sem contar que tudo que é demais enjoa não é mesmo? Capriche, mas não exagere!

3 – Estilo

Lustre de Cristal

Lustre de Cristal ornando com o contexto – Clique na foto para ver esse lustre

Tão importante quanto Função e tamanho, o estilo não pode ser deixado de lado! Uma casa com decoração contemporânea pede linhas mais suaves e cores sóbrias, já a moderna, traços retos e materiais inovadores. Cores para quem é bem descontraído e cristais para os românticos! Nada difícil demais, o problema é a “mistureba” sem planejamento na decoração! Se você está em dúvida no estilo da sua casa, ou já tem muita coisa de estilos diferentes compondo o ambiente, lembre-se da máxima de segurança: Menos é mais! Escolha algo simples e discreto, a chance de errar diminui com essa escolha.

4-Altura ideal

Composição de pendentes

Composição de pendentes – Clique na foto para ver esses produtos

Quando falamos de altura ideal temos existem algumas regrinhas por aí, porém mais do que seguir essas regrinhas precisamos avaliar a disposição do ambiente em que o ambiente será instalado. No caso de sala de Jantar, a regra diz de 70 cm a 1 metro do tampo da mesa, mas esse 30 cm causam uma grande diferença, então 70 cm ou 1,00, ou o meio termo? Nem um nem outro, não no chute! Pense: o pendente vai ficar entre ambiente em que as pessoas interagem? Se sim, instale-o numa altura que não interfira. Se não, a partir dos 70 cm pode instalar na altura que mais lhe agradar! Pendentes de canto, como o nome já diz, ficam no canto, então provavelmente não será um obstáculo visual, então, se estiver iluminando uma mesa lateral, segue a regra dos 70 do tampo, já se for uma composição de pendentes decorativos soltos, o primeiro pode começar um pouco mais baixo e o restante distribuído na altura até chegar a uns 50 cm do teto (para um pé direito comum de aproximadamente 2,45). Para pendente funcional que será instalado no meio de um ambiente, podemos usar a lógica da altura das pessoas. Um pendente a 2.00 metros do chão é o suficiente para que não aja contratempos. Nesse caso também temos que levar em conta o pé direito, quanto mais alto, maior deve ser a peça e então instalada um pouco mais para cima!

5 – Posição certa de instalar

Para a maioria dos casos a instalação é feita sempre no eixo (centro) do objeto ou ambiente a ser iluminado. No caso de mais de um pendente, é necessário estipular a distância entre eles e então o centro será a metade dessa distância – de um pendente a outro.

Dicas de iluminação

Como centralizar uma composição de pendentes

Em alguns casos, a instalação elétrica está na laje e não está centralizada de acordo com o que é preciso. Para isso existe luminárias com braços que podem ser direcionadas para onde precisar. Outra sugestão é trazer a luminária para o ponto central e pendura-la em um pequeno gancho, para essa fiação que ficará aparente sugerimos um cabo elétrico preto ou uma corrente de metal, que podemos deixar “soltinha” para dar um charme e tirar vantagem da situação!

Dica de iluminação

Saídas para instalações elétricas que não estão centralizadas

 

Ainda tem dúvidas no pendente que vai usar na sua casa? E o estilo, você sabe qual combina? Clique aqui, veja diversos modelos e tenha ajuda profissional online para escolher o seu pendente!